Criação da Aliança Latino Americana para Tecnologias Assistivas

Foto Grupo ALATA 2

Durante o 2º Congresso Latino Americano ISPO Buenos Aires foi criada a ALATA – Aliança Latino Americana para Tecnologias Assistivas que tem como

Missão:
Reunir as partes interessadas na promoção do acesso às tecnologias de apoio na América Latina em um fórum comum através do qual iniciativas realizadas a nível internacional pela Parceria Global para Tecnologias Assistivas Organização Mundial da Saúde (GATE-OMS) tenham efetiva repercussão regional.

Visão:
Ser reconhecida por profissionais da área, governos, organizações internacionais e organizações de pessoas com deficiência e suas famílias, como o fórum legítimo para promover o acesso a produtos de Tecnologia Assistiva com qualidade, a partir da perspectiva de custo/benefício acessível na América Latina.

Valores:
 Não Discriminação
 Cooperação
 Acessibilidade
 Participação
 Ação

Princípios e mecanismos de adesão e de filiação
Os membros ALATA podem ser indivíduos e instituições, que, neste caso, serão representadas por uma pessoa nomeada para sua direção no momento da adesão.
Indivíduos e instituições membros ALATA devem se comprometer a observar os valores da Aliança na sua ação na sociedade e promover a sua missão e visão. Eles devem demonstrar o seu alinhamento com os eixos de ação da ALATA e informar regularmente à Secretaria-Geral da Aliança sobre as atividades e progressos em suas respectivas áreas.
Membros devem informar os projetos em curso e planos futuros para contribuir para o trabalho da Aliança e valorizar a diligência e dedicação às atividades dos grupos de trabalho. Eles devem atender aos pedidos de informação do Secretariado e disseminar as informações recebidas de suas redes.

Secretaria Geral:
Ficará a cargo do Instituto de Medicina Física e Reabilitação do Hospital Geral da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (Brasil).

 

Participantes da 1ª Reunião da ALATA:

Nome Instituição
Aquiles Gavagnin ISPO Uruguay
Asociación Argentina de Terapistas Ocupacionales Asociación Argentina de Terapistas Ocupacionales (AATO)
Carla Guatieri Instituto de Neurociencias Buenos Aires (INEBA)
Claudio Garagnani ISPO Uruguay
Daniel Kogan Instituto de Ciencias de las Rehabilitación y el Movimiento (ICRyM/UNSAM)
Diego Arnijas Instituto de Ciencias de las Rehabilitación y el Movimiento (ICRyM/UNSAM)
Favio Montané ISPO AMESUR / JNAJ / UM
Gabriel Converso Instituto Universitario del Gran Rosario (IUGR) / Universidad de Buenos Aires (UBA)
Hebe Castillo Sociedad Argentina de Medicina Física y Rehabilitación (SAMFYR)
Joaquim Cunha ISPO Brasil
Juan Jose Arnanda Universidad Nacional de San Martin (UNSAM)
Laura Barloco ISPO Argentina / Universidad de Buenos Aires (UBA)
Lidia Neira Centro Iberoamericano de Autonomía Personal y Ayudas Técnicas (CIAPAT)
Linamara Rizzo Battistella IMREA-HCFMUSP
Lucilla Carcavallo Fundación para la Lucha contra las Enfermedades Neurológicas de la Infancia (FLENI)
Luis Estevez ISPO República Dominicana
Miguel Picardi ISPO Argentina
Oscar Ronzio Asociación Argentina de Kinesiologia (AAK)
Rosielena Jovane ISPO Uniendo Fronteras
Vinícius Delgado Ramos IMREA-HCFMUSP

2 Comments

  1. Wilson Zampini

    Como Diretor Geral da Ottobock para a América Latina quero manifestar nosso apoio à criação da ALATA e expressar nosso compromisso de contribuir com a missão expressada nesse documento, que está totalmente alinhada com nossa posição como empresa que atua na região, buscando contribuir sempre com o benefício das pessoas com deficiência.
    Agosto / 2016

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *